Spotlight-V100 e pastas de lixo em unidades flash USB

Um amigo meu entrou em contato comigo recentemente com um problema que ele não conseguia resolver sozinho. Ele descobriu que duas pastas ocultas foram criadas em sua unidade flash USB. Uma pasta foi nomeada .spotlight-V100 enquanto a outra foi nomeada .trashes. Isso o intrigou, pois tinha certeza de que não foram criados por ele ou por qualquer outro programa com o qual ele costumava trabalhar. Uma rápida pesquisa na Internet resolveu o problema.

As pastas .spotlight-v100 e .trashes foram criadas automaticamente por um sistema de computador Apple Macintosh ao qual a unidade flash USB foi conectada anteriormente. Essas duas pastas são criadas automaticamente sempre que uma unidade flash USB é conectada a um sistema de computador executando um sistema operacional Apple Mac. O Spotlight é um processo de indexação no Mac que salva as informações reunidas no diretório .spotlight-v100.

O programa Spotlight cria um índice virtual de todos os arquivos e pastas para acelerar a pesquisa em sistemas Macintosh. Entre as informações que ele registra estão tamanhos, datas de modificação, tipos, datas de criação e outras informações relacionadas aos arquivos na unidade flash USB.

A pasta .trashes, por outro lado, é simplesmente uma pasta de lixo para a unidade específica que também é criada pelos sistemas de computador Apple Macintosh. Os usuários do Windows podem simplesmente excluir os dois diretórios ocultos para liberar espaço em disco. No entanto, não há necessidade de se preocupar se essas duas pastas foram criadas por software malicioso.

Os usuários do Windows não precisam desses arquivos de forma alguma, e a exclusão da pasta de lixo não deve ter nenhum efeito prejudicial ao conectar a unidade aos sistemas Mac novamente. A exclusão da pasta spotlight-v100, por outro lado, pode tornar a pesquisa um pouco mais lenta, até que tudo seja reindexado.